8 DICAS PARA TER MAIS SEGURANÇA EM UM TREKKING


Poder passar um tempo imerso na natureza é algo maravilhoso e que traz uma série de benefícios para a saúde do corpo e da mente. No entanto, é preciso estar atento a alguns itens básicos de segurança que podem evitar muitos riscos. Não importa o quão experiente você seja, quando se está sob as leis da natureza, muitas coisas podem sair do controle. Então, fique atento a essas dicas e aproveite o melhor das aventuras.

1. Dê preferência aos parques e, se preciso, tenha um guia

No Brasil todos os parques nacionais são administrados por órgãos competentes e responsáveis por disponibilizarem a melhor estrutura para os visitantes. Isso não significa que as reservas serão equipadas com hotéis cinco estrelas, mas, sim que as áreas de trilhas terão as demarcações corretas para evitar que os visitantes se percam, que existem pontos de apoio com estrutura para solicitar resgates de emergência, em alguns deles é possível encontrar abrigos para pernoitar, áreas para camping etc. Mas, acima de tudo, os parques nacionais sempre têm guias qualificados disponíveis para acompanhar as aventuras e guiar os visitantes com segurança.

É claro que isso não quer dizer que apenas os parques nacionais devem ser explorados, mas, sim que esses destinos são mais seguros do que outras áreas preservadas com menos estrutura.

2. Tenha um companheiro

Às vezes dá vontade de sair sozinho pelo mundo, mas, é muito mais seguro ir se aventurar com um amigo. Além de fazer companhia e dar um “apoio moral” se o caminho ficar puxado demais, ter um amigo é uma garantia em diversas situações. Em duas pessoas é mais fácil conseguir criar um abrigo, por exemplo. Se você se sentir mal no meio da trilha terá alguém para lhe socorrer. Isso sem contar que é sempre legal ter alguém para conversar, trocar ideias e uma companhia para apreciar as maravilhas da natureza.

3. Compartilhe com alguém o seu itinerário

Antes de sair de casa, deixe alguém avisado sobre o seu cronograma. Compartilhe as informações sobre o seu destino, os dias e horários que pretende ficar fora e, se possível, mantenha essa pessoa atualizada sobre a sua localização. Nunca saia sem deixar alguém avisado, principalmente se você vai sozinho, mas faça isso mesmo que esteja acompanhado. Se vocês se perderem na trilha ou tiverem problemas de comunicação, alguém de fora pode ajudar em um resgate.

4. Esteja preparado para uma mudança no clima

Mesmo que a previsão do tempo não indique chuva, tenha sempre uma jaqueta impermeável de reserva na mochila. Também é indicado ter uma peça de aquecimento, principalmente se existir o risco de ter que passar a noite na mata por algum motivo. Essas duas peças podem evitar hipotermia e garantir a segurança da sua aventura.

5. Tenha os 10 itens essenciais

 Nós já fizemos um post especialmente sobre esse assunto. Existem 10 itens que são considerados mundialmente os materiais essenciais para um trekking. Este conceito foi criado na década de 30 e inclui itens como: GPS, lanterna, protetor solar, kit de primeiros socorros, isqueiro, kit de reparos, comida, ferramentas para hidratação e abrigo de emergência.


6. Use calçados e meias adequados

Caminhar em uma trilha é muito diferente de caminhar no asfalto. Os terrenos podem ser muito desafiadores, com terra, lama, pedras, lodo, entre outras coisas. Por isso, é muito importante utilizar um calçado indicado para este tipo de caminhada. Botas e tênis feitos para trilhas possuem solado com saliências maiores, para proporcionarem mais segurança e tração nas passadas. Além disso, calçados para trilha têm áreas reforçadas para evitar torção no tornozelo, podem ser impermeáveis, têm biqueira reforçada para proteger dos atritos, entre outras coisas.

Dica: Por que é tão importante usar a bota certa na trilha?

Na hora de escolher a meia, evite totalmente os modelos feitos em algodão, pois elas absorvem a umidade do corpo e demoram muito para evaporar e isso pode causar bolhas e outros desconfortos. O ideal é optar por modelos sintéticos com tecnologia de secagem rápida ou as meias feitas em lã merino.

Dica: Saiba como escolher a meia certa para o seu trekking

7. Mantenha-se hidratado

Cuidar da hidratação é algo primordial em qualquer atividade física. Estando exposto ao sol durante as longas caminhadas, isso é mais importante ainda. Portanto, em uma trilha, mantenha-se sempre hidratado. Não espere até sentir sede para beber água, pois esse já um dos sinais de desidratação.

Dica: 5 métodos para purificar água e evitar contaminação na trilha

8. Proteja-se do sol

Assim como é importante se proteger no frio, também é essencial se cuidar nos dias de sol. Algumas soluções simples para que você fique seguro contra os raios ultravioletas são: usar protetor solar, óculos de sol, camisetas com tecnologia de proteção solar e chapéu (de preferência também com proteção UV) ou boné. Os sintomas de insolação vão desde uma simples dor de cabeça até desmaios. Portanto, este é um assunto muito sério na hora de garantir a sua segurança durante as trilhas.


 

0/Post a Comment/Comments

Postagem Anterior Próxima Postagem